HOME
MISSION
PROJECTS
PHOTOGALLERY STAFF/BOARD
ANNUAL REPORTS
  <<<Home

Forward>>>

 

Xtrasize mais eficaz para realizar exercicios

A pesquisa mostra que estreitas de base flexões levou a valores maiores de EMG no tríceps braquial e peitoral maior do que ampla base flexões. Crença popular indica que ampla base flexões ativar mais fibras pec, mas este estudo mostrou o contrário.

Outros estudos descobriram que as forças axiais de pico na articulação do cotovelo durante flexões em média cerca de 45% do peso corporal. Isso aumenta para 75% no caso de base estreita flexões. Isto significa que a base estreita flexões (com suas mãos mais perto juntos) aumenta o estresse sobre a articulação do cotovelo.

Estudos mostram suspensos flexões pode ativar o núcleo melhor do que regulares flexões. Com base nisso, você pode usar tiras de sopro ou um TRX para aumentar a eficácia do exercício push-ups.

Segundo os pesquisadores, elevando os pés acima das mãos teve uma maior influência sobre a estabilização scapulothoracic musculatura do que colocar as mãos em uma bola suíça.

Isto significa que é mais difícil para os xtrasize estabilizadores cintura escapular a fazer flexões com os pés elevados sobre um banco - com as mãos no chão - do que para realizar flexões com suas mãos em uma bola suíça e os pés no chão.

Mas não despejar o equipamento instável ainda. A pesquisa mostra que, enquanto o ângulo torso permanece estável, é mais eficaz para realizar exercícios, tais como bola suíça e Bosu flexões em comparação com peso corporal flexões - se você colocar suas mãos sobre a peça instável de equipamentos em vez de seus pés.

De acordo com um estudo, rotação interna da posição da mão ou pronação completa do antebraço durante flexões levou a maiores forças posterior e varo sobre as articulações do cotovelo que poderiam produzir força de cisalhamento prejudicial - prova de que girar xtrasize internamente suas mãos é ruim para a saúde cotovelo. cotovelo que poderiam produzir xtrasize

A investigação descobriu que flexões com as mãos colocadas xtrasize sobre uma bola suíça aumentou significativamente tríceps e peitoral maior atividade em relação ao normal push-ups, mas apenas durante a fase excêntrica.

Um estudo descobriu que, dependendo da posição da mão, o push-up activado entre 73-109% MVC do tríceps braquial, 95-105% MVC do peitoral maior, 67-87% MVC do serrátil anterior, e 11-21% MVC do delt posterior.

Os pesquisadores também descobriram que a posição base estreita era a posição mais eficaz para aumentar a contribuição tríceps, e que o Push-up dispositivo perfeito não aumentar o recrutamento muscular.

Eles não têm a força do núcleo para estabilizar a sua lombopélvicos e simplesmente permitir que seu núcleo a ganhar estabilidade por "pendurado" sobre as estruturas que limitam este movimento - ou seja, os flexores do quadril e vértebras lombares. Basicamente, os flexores do quadril xtrasize alongar e contribuir tensão passiva, e os arcos neurais das vértebras ficam mais próximas (aproximação). Isto coloca os elementos posteriores da espinha em risco.

Pessoas estão presas na inclinação pélvica anterior xtrasize devido a flexores do quadril apertados e paraespinhais e não têm a força muscular no músculo reto abdominal e glúteo máximo para substituir esse aperto durante o push-up.

The African Security Dialogue and Research (ASDR) is an independent, non-governmental institute based in Accra, Ghana , specializing in issues of security and their relationship with democratic consolidation. The core aims of the ASDR are to:

Foster dialogue and consensus with regard to issues of conflict and security in Africa , focusing in particular on the role and governance of security forces (military, intelligence, and police) in the emerging democracies on the continent;

Undertake research, analysis, monitoring, and advocacy on issues relating to civil-military relations and national and regional security in Africa ;

Encourage greater transparency and accountability in the way that national security and defence policies are formulated and implemented;

Enhance oversight capabilities of national legislatures and elected representatives by promoting collaboration with defence experts and researchers;

Strengthen the capabilities and resources of civil society and NGOs in the analysis and discussion of defence and security sector issues;

Improve overall availability of defence-and security-related information in the public domain, both by encouraging new research and by bringing together the scattered studies and data pertaining to African militaries and security organisations and policies

ABOUT ASDR

 

   

Projects

The ASDR is initiating the following projects:
Dialogue: ‘Reflections on Security’ Series  
Network on Security Sector Reform and Democratic Transitions in Africa:
Lectures and Workshops
Military Expenditure - SIPRI
Ghana Police Reform
Ford Foundation  Project
Proposed Programs and Future Work
Conflict Vulnerability Assessment Project
Networking with other Organisations
Governing Security Establishments in Africa
Ivorian Refugee Project

previous

 
 
 
 
 
continue

ASDR, P. O. Box LG 347, Legon, Accra, Tel: 233 21 510515,  No. 27, Kofi Annan Avenue, North Legon, Accra, Ghana

Copyright 2003, African Security Dialogue and Research